Santa Maria Dell'Isola, Tropea, Calabria, Italy. Photo via Wikimedia Commons:Norbert Nagel

Asparagus wrapped in capicoloa. Photo via Creative Commons

Bolonha a Tropea

Itália Passeios de Bicicleta

Férias pedalando na Itália!

Você está pronto para o desafio de sua vida? Você é um ciclista sério, procurando diversão nas subidas íngremes e satisfação em superar novos limites? Então este é um passeio para você!

Descubra por que pedalar na Itália é tão especial. Faça uma viagem incrível subindo e descendo as estradas secundárias e vilarejos charmosos da Serra Apeninos. Você vai percorrer mais de 1.200 quilômetros em nove etapas e cruzar nove regiões da Itália. Venha conhecer o passeio de bicicleta mais ousado e abrangente da Itália.

Veja outros passeios de bicicleta na Itália.

Onde você ficará

Em hospedagens rurais ou hotéis 3*.

O que está incluído

  • • 11 noites de acomodação em quarto duplo com banheiro
  • • 11 cafés da manhã e jantares
  • • Guia ciclístico com van de suporte
  • • Mapas diários individuais
  • • Transfer de van do Aeroporto de Bolonha na chegada
  • • Trasnfer de van do Aeroporto de Lamezia no retorno

O que não está incluído

  • • Bebidas durante o jantar
  • • Almoços
  • • Transporte da maleta de transporte dase bicicletas de Bolonha a Tropea (local de partida). Valor de €50 por pessoa.
passeioBicicleta
tipoGuiado
NívelMuito Difícil
duração12 dias
De1940 Preços
Comentários

Compartilhe Este Passeio

Datas do passeio

DATAS 2015  

18 de agosto de 2015

Nível de Habilidade

Muito difícil. Somente para ciclistas experientes. São 1.200 quilômetros em nove etapas. A média de subida diária é de 1650m, com uma distância média percorrida diariamente de 139km em terreno desafiador.

Itinerário dia a dia

Bolonha a Tropea Map
  1. Segunda-feira: Chegada no Aeroporto de Bolonha. Trasnfer de Van ao Rastignano.
  2. Terça-feira: Rastignano – Bibbiena (149 km), Subida: 7874'
  3. Quarta-feira: Bibbiena – Foligno (153 km), Subida: 3937'
  4. Quinta-feira: Foligno - L'Aquila (151 km), Subida: 2300'
  5. Sexta-feira: L'Aquila – Barrea (131 km), Subida: 6889'
  6. Sábado: Barrea - Cerreto Sannita (120 km), Subida: 4265'
  7. Domingo: Cerreto Sannita - Paestum (173 km), Subida: 6561'
  8. Segunda-feira: Dia de descanso: Paestum
  9. Terça-feira: Paestum - Maratea (142 km), Subida: 5905'
  10. Quarta-feira: Maratea - Amantea (130 km), Subida: 3937'
  11. Quinta-feira: Amantea - Tropea (88 km), Subida: 1640'
  12. Sexta-feira: Retorno. Transfer de van ao Aeroporto de Lamezia.

(Todas as distâncias e cálculo de subidas são aproximados)

Dia 1: Chegada no aeroporto de Bolonha

Transfer de van até Rastignano.

Dia 2: Rastignano – Bibbiena (149 km), Subida: 7874'

Esse passeio desafiador começa com uma longa subida até Passo Raticosa. Neste ponto, você estará no Apenino Tosco-Emiliano, as montanhas que separam Bolonha de Florença. Uma descida sinuosa segue para Firenzuola e depois, a segunda subida começa chegando ao Passo Del Giogo. Descendo novamente, você almoçará em Scarperia, uma cidade medieval no distrito de Mugello. Depois, você cruzará o Val di Sieve ou o Vale de Sieve até Dicomano. A terceira e última subida do dia levará até Passo Croce ai Mori.

 Dia 3: Bibbiena – Foligno (153 km), Subida: 3937'

Depois das muitas subidas do dia anterior, hoje o dia terá apenas uma, para Passo La Verna no Parque Nacional da Floresta Casentinesi, uma das florestas mais antigas da Europa. A descida termina em Pieve S. Stefano, onde você cruzará o Vale Tevere. Na bela praça de Sansepolcro, você vai parar para o café e em seguida, cruzar a fronteira da Umbria através de Citta di Castello. Você vai passar por algumas das cidades mais belas de Umbria.

 Dia 4: Foligno - L'Aquila (151 km), Subida: 2300'

Hoje você vai cruzar Umbria, terra de santos, trufas e subidas! A primeira subida para Valico del Soglio é bastante fácil, mas a segunda não é! São subidas e descidas por 22 km. As vistas espetaculares vão aliviar o seu cansaço! Quando você chegar ao seu cume na aldeia medieval de Monteleone, você estará mais do que pronto para o almoço. Esta é uma cidade que tem uma história muito interessante se você tem tempo para um pouco de pesquisa. O principal monumento em Monteleone é a igreja de S. Francisco, com uma porta gótica excepcional, provavelmente o melhor em Umbria, e um claustro atraente agora servindo como um museu lapidário. Estranhamente, sob o claustro você pode ver uma segunda igreja. Complete com um afresco do século 14. Após o almoço, uma descida segue para Leonessa ao pé das Montanhas de Terminello. Agora você vai pedalar pelas colinas na área verdejante de Lazio e depois para a região selvagem de Abruzzo. Um terço da região é designada como área nacional protegida ou parques regionais. As áreas protegidas são ambientalmente importantes e são o lar de rara flora e fauna, como o urso pardo, o lobo e o chamois. Os quilômetros finais do dia são relativamente fáceis no Vale do Aterno. Você vai passar a noite em L'Aquila, capital de Abruzzo. Disposta dentro de muralhas medievais, L'Aquila localiza-se em cima de uma encosta no meio de um vale estreito, altas montanhas cobertas de neve do flanco maciço Gran Sasso. Um labirinto de ruas estreitas, com edifícios e igrejas em estilos Barroco e Renascentista, abrem para praças elegantes. Lar da Universidade de L'Aquila, é uma cidade universitária animada e, como tal, tem muitas instituições culturais: um teatro de repertório, uma orquestra sinfônica, uma academia de belas-artes, um conservatório estadual e um instituto de cinema.

 Dia 5: L'Aquila – Barrea (131 km), Subida: 6889'

Se prepare para um dos dias mais gratificantes de sua viagem. Por aproximadamente 50 km, você vai cruzar o Vale Aterno cruzando vilas medievais no deserto, com montanhas que se desenham no horizonte. Se você ainda estiver sonolento neste ponto, você vai acordar nas encostas do Monte Selva, com uma subida de mais de 4km e  grau 10%. A longa descida, segue para o Parque Nacional de Abruzzo. As vistas que seguem o término do seu passeio, antes do almoço, são uma festa para os olhos. Depois do almoço em Anversa, através de um túnel, você vai entrar no desfiladeiro Sagittario. Pedalando, seguindo o fluxo de um riacho e de um cânion, ganhando altitude, você vai chegar ao Lago Scanno, um espelho para as montanhas acima. Lago Scanno tem 3280" (1.000 m) acima do nível do mar. Seguindo agora por uma longa subida, mas constante, atingindo um máximo de 5347" (1.630 m), a elevação máxima deste trajeto. Você vai terminar o dia em Barrea. Com vista para o maravilhoso lago Barrea, a partir de uma colina no alto Valle del Sangro, a vila tem igrejas antigas, paredes de um castelo antigo e os restos de uma necrópole pré-romana.

 Dia 6: Barrea - Cerreto Sannita (120 km), Subida: 4265'

Você deixará Barrea por uma curta subida que tem uma vista espetacular do lago rodeado de montanhas. A descida para Alfedena é seguida por uma subida e outra descida em Molise. É aqui que, para os que têm o coração mais fortes, a estrada segue até as terras altas das Montanhas Matese. Aqueles que estiverem cansados ou tiverem o coração mais fraco, podem permanecer no vale. Reunidos para um almoço em Piedimonte Matese, o passeio já entrou na região da Campânia, e continua em um caminho tranquilo, passando por encantadoras aldeias e terminando em Cerreto Sannita, uma cidade com uma arquitetura notável e famosa pela sua cerâmica. Antes de sua noite de descanso bem merecido, não deixe de dar um mergulho na piscina do hotel.

Dia 7: Cerreto Sannita - Paestum (173 km), Subida: 6561'

Este é o mais longo estágio do passeio e requer um início mais cedo. Você vai pedalar por uma estrada com curvas suaves, que permitem uma ampla vista do Vale Volturno e suas aldeias. 5Km levam até Fragneto e Pietrelcina, descendo novamente para Benevento e para uma parada para um café. O passeio continua pelas vinhas do Vale Sabato e pela cidade de Tufo, famosa por seu vinho branco Greco. O almoço é após uma curta subida em Atripalda. A longa subida do dia nos aguarda, mas primeiro, você vai passar por vinhas, pés de avelã, noz e bosques e depois em uma densa floresta de castanheiros que sombreia o ziguezague íngreme para a escalada da Mata Ogliara. Uma longa descida, uma subida curta, outra descida, e depois de um passeio plano pela costa até Paestum, é onde a dor termina em uma hospedagem rural com piscina e uma excelente cozinha nos espera.

Dia 8: Paestum: Dia de descanso

Hoje você vai desfrutar de um descanso merecido em Paestum. Poucos lugares vão recompensá-lo mais do que as ruínas desta antiga comunidade grega. Ao contrário de Pompéia e Herculano, Paestum muitas vezes pode ser deserta, e seus reluzentes templos de mármore branco, colocados contra as montanhas de prata e do mar azul profundo, proporcionam uma experiência grega única, na Itália. Com suas igrejas impressionantes e solenes e suas paredes magnificamente preservadas, Paestum é um dos locais arqueológicos mais famosos e importantes da Itália. As ruínas de Paestum incluem as paredes, quatro templos majestosos e bem preservados, outros edifícios religiosos, o anfiteatro e a Via Sacra, além de outros pontos  menos conhecidos.

Dia 9: Paestum - Maratea (142 km), Subida: 5905'

Em meio aos templos gregos, você vai começar o seu dia. A estrada irá levá-lo através de resorts de praia e é mais plana, mas alguns "solavancos" através de oliveiras e pinheiros fornecem uma visão do mar. Cafés seguem duas pequenas subidas para Ascea e Pisciotta. Selatterrain está próxima enquanto a estrada com túneis nas rochas da montanha leva a Marina di Camerota, mas depois ele começa a serpentear até a montanha para uma subida de 10 km, com vistas deslumbrantes. Os últimos quilômetros são espetaculares: a estrada vai para cima e para baixo com montanhas rochosas de um lado e o mar abaixo do outro. Você vai passar a noite em um hotel na praia de Maratea.

 Dia 10: Maratea – Amantea (130 km), Subida: 3937'

Após alguns quilômetros, você cruzará Calabria, a região mais ao sul da Itália continental. Você vai continuar pela rota costeira de Tyrrhenian, passando por belos resorts de Praia, Scalea, Diamante, S. Nicola, Arcella e Paola (parada para o almoço). Uma pequena subida é necessária, mas a maior parte do dia é em terreno ondulado. Na chegada em Amantea, você pode decidir se nadará no mar ou na piscina do hotel (interna e externa).

 Dia 11: Amantea-Tropea (88 km), Subida: 1640'

O último dia será um passeio fácil para saborear a sua conquista. Após circular o Golfo de S. Eufemia, uma pequena colina leva você para a praça deliciosa de Pizzo Calabro. Aqui você vai parar para doces e café. A chegada cedo permite tempo para desfrutar das belezas de Tropea, a pérola da costa do Tirreno.

Dia 12: Retorno

Transfer de van até o Aeroporto de Lamezia (trajeto de 1 hora).

Gostaria de ver outros passeios de bicicleta na Europa ou novidades sobre nossas viagens de bicicleta em geral?

perguntas? fale conosco +55 11 3280 5090

Compartilhe Este Passeio


Comentário do cliente

Já Pedalou este Passeio? Envie seu Comentário

PWPC